Hotel: Hardman Praia Hotal

 Acomodação:

Apartamento: Standard

Check-in: 16/07/2017, às 14:00

Check-out: 23/07/2017, às 12:00 (Total de 7 noites)

Regime: Café da manhã

 Traslados:

Traslado: aeroporto / hotel / aeroporto

City tour;

 Passagens Aéreas:

Companhia Aérea: GOL

 Voo de ida: 16 de julho de 2017, 06:00 / Curitiba-PR (CWB) - Voo com conexão;

 Voo de volta: 23 de julho de 2017, 02:03 / João Pessoa-PB (JPA) - Voo com conexão;

 

Sugestão de Roteiro

1º Dia Curitiba / João Pessoa / Brisol – Recepção no aeroporto e traslado até o hotel. Resto do dia livre. Hospedagem.

2º Dia – Brisol – Dia livre. Hospedagem

3º Dia – Brisol – Dia livre. Hospedagem

4º Dia – Brisol – Dia livre. Hospedagem

5º Dia – Brisol – Dia livre. Hospedagem

6º Dia – Brisol – Dia livre. Hospedagem

7º Dia – Brisol – Dia livre. Hospedagem

8º Dia – Brisol / João Pessoa / Curitiba – Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque em vôo de retorno a Cidade de origem. Fim de nossos serviços.

Para ajudar a definir oque será feito nos dias livres, disponibilizamos na aba Observações várias dicas e informações do destino, além dos termos e condições do pacote, confira!

DATAS DE SAÍDA

Partindo de: Data
Curitiba 16 a 23 de julho de 2017.
  • Passagem aérea ida e volta;
  • Traslados de chegada e saída regulares;
  • 7 noites de hospedagem *regime Café da Manhã;
  • City tour;

 

  • Taxas de embarque não incluídas;
  • Valores válidos para saídas de Curitiba;
  • Preços em Reais (R$) e válidos para 01 pessoa em apartamento duplo, sujeito a alterações sem aviso prévio;
  • A cotação foi baseada na menor tarifa aérea publicada, podendo sofrer alteração devido a disponibilidade de lugares no ato da compra;
  • Valores somente cotados e sujeitos à alterações e disponibilidade no ato da reserva;
  • Reservamo-nos no direito de corrigir eventuais erros de digitação e publicação  deste material;
  • Consulte-nos para maiores informações sobre o pacote, condições gerais e políticas de cancelamento.

 _________________________________________________________

Conheça João Pessoa!

O verão que dura quase o ano inteiro e pode ser aproveitado nos mais de 24 quilômetros de orla e o ponto mais oriental das Américas, localizado no Farol do Cabo Branco, que fica na praia de mesmo nome. Só esses dois atrativos já seriam suficientes para a cidade de João Pessoa se destacar na região Nordeste, mas a Capital paraibana tem muito mais belezas e encantos espalhados pelos seus 211 mil quilômetros quadrados, que surpreende os visitantes e os convidam a retornar.

 

Centro Cultural de São Francisco - Um dos mais importantes complexos barrocos do país, o conjunto arquitetônico de São Francisco atrai estudiosos e turistas do Brasil e também de outros países. Composta pelo Convento de Santo Antônio e pela Igreja de São Francisco, a obra foi concluída em 1770 e causa impacto pela grandiosidade e pela beleza do acabamento, que inclui talhas em madeira recobertas de ouro e ricas cantarias em pedra com motivos portugueses e orientais. A Paixão de Cristo é contada nos painéis frontais, formados por delicados azulejos brancos e azuis. Totalmente recuperado, o conjunto de São Francisco foi transformado em Centro Cultural, aberto a oficinas e exposições. Para conhecer cada detalhe do rico acervo, situado na parte alta da cidade e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, não deixe de fazer uma visita guiada.

Apreciar o pôr do sol na praia do Jacaré - O pôr do sol ganhou trilha sonora em João Pessoa. Todos os dias, quando o astro-rei dá os últimos suspiros na praia fluvial do Jacaré, o saxofonista "Jurady do Sax" entoa nada menos que o “Bolero”, de Ravel. O espetáculo acontece por volta das 17h e atrai moradores e turistas que lotam os vários bares à beira-rio. Para pegar uma boa mesa nos decks, chegue cedo.

Farol do Cabo Branco - Melhor lugar para apreciar toda a beleza do litoral de João Pessoa, o Farol do Cabo Branco representa o extremo leste do Brasil, indicando a localização da Ponta do Seixas. É ali que o sol nasce primeiro nas Américas. Inaugurado em 1972, a  40 metros acima do nível do mar, tem formas que remetem a um sisal estilizado.

Estação Cabo Branco - Inaugurado em 2008, o centro cultural projetado por Oscar Niemeyer exibe as curvas características do arquiteto carioca. O espaço reúne ciência, arte e cultura, além de uma bela feira de artesanato. Uma das curiosidades é o sistema externo de alto-falantes - instalado no gramado, replica os sons das peças e concertos apresentados dentro do teatro. A estação fica bem próxima ao Farol do Cabo Branco e também descortina vista panorâmica.

Parque Arruda Câmara - Para quem está com crianças, o jardim zoobotânico é um bom passeio. Popularmente chamado de Bica, em virtude de uma fonte natural de água potável, o parque tem área de 27 hectares que abriga mata Atlântica e cerca de 500 animais de 80 espécies, entre eles, elefantes, leões, araras e jacarés. O espaço, que fica no Centro da cidade,  oferece ainda pedalinhos e lanchonete.

Theatro Santa Roza - Uma das casas de espetáculo mais antigas do país, o Theatro Santa Roza foi inaugurado em 1889. A bela  construção traz linhas influenciadas pelo barroco italiano, além de materiais nobres como o pinho de riga, utilizado na construção dos camarotes. O esmero continua no assoalho, na cobertura, nas esquadrias e na decoração, repleta de candelabros. O espaço é aberto para visitação de segunda a sexta-feira. Nos finais de semana, abre somente quando há espetáculos.

Fortaleza de Santa Catarina - Único forte que ainda existe na região – fica no município de Cabedelo -, a Fortaleza de Santa Catarina foi erguida em 1589, em taipa, pelo alemão Cristóvão Linz. Arrasada diversas vezes, foi reconstruída em pedra, em 1654. As visitas monitoradas levam à casa do capitão, à capela e aos canhões do século 16, além dos mirantes.

Igreja de Nossa Senhora da Guia - A 28 quilômetros do Centro de João Pessoa, já no município de Lucena, a Igreja de Nossa Senhora da Guia foi construída em 1951, em estilo barroco tropical – a fachada apresenta desenhos de frutas, além de imagens de anjos, coroas, cetros e armas do Império. Localizada no alto da cidade, descortina uma bonita paisagem do litoral.

Mosteiro de São Bento - Construído em invocação à Nossa Senhora do Monte Serrat, o Mosteiro de São Bento faz parte de um conjunto maior, formado ainda pela igreja de mesmo nome. De acordo com o Instituto Patrimônio Histórico e Artístico da Paraíba, o convento constitui um dos monumentos mais importantes do país, levando-se em conta seu estilo barroco beneditino do século 17. Apesar da sobriedade da arquitetura, impressiona pela harmonia e pela beleza de suas linhas.

Passeio de barco para as piscinas naturais de Picãozinho - A menos de dois quilômetros da costa, em frente à praia de Tambaú, as piscinas naturais de Picãozinho surgem na maré baixa, apresentando formações de corais. Um dos passeios náuticos mais apreciados da região, atrai adultos e crianças que se revezam nos deliciosos mergulhos em meio aos peixes. O tour dura quatro horas e barcos-restaurantes garantem bebidas geladas e petiscos fresquinhos.

Jardim Botânico Benjamim Maranhão - Criado pelo governo do Estado em 2000, o Jardim Botânico é uma das maiores reservas de Mata Atlântica do Brasil, com 515 hectares. Além de área de lazer, é também local para estudos de espécies da fauna e da flora. Através de três trilhas, o turista pode vislumbrar espécies animais e vegetais típicas da Mata Atlântica. Entre as plantas estão sucupira, cajazeira (a árvore do cajá), copiúba (que serve de alimento para os sagüis), orquídeas e bromélias. Entre os  animais,   podem ser vistos exemplares de tamanduá-mirim, cotia, raposa, preá, preguiça, borboletas e pássaros (picapau, sabiá, anum-preto e jacu). As atrações incluem ainda a "árvore do abraço", um dendezeiro que cresceu no meio de uma gameleira, dando a impressão de que as duas árvores estão enlaçadas. O passeio é acompanhado por guias e guardas florestais.